#4 Muzoon
Al-Mellehan

 EnRay9uW4AAdsiS


Tema: Educação
País: Síria
Idade: 21 anos

Em 2014, Malala Yousafzai tornou-se a pessoa mais jovem de sempre a receber um prémio Nobel. A paquistanesa, então com 17 anos, foi distinguida pela sua defesa do direito universal de todas as crianças à Educação. A jovem síria Muzoon Almellehan tem sido apelidada de “Malala da Síria”, pelo seu esforço de garantir que as raparigas do seu país continuam os seus estudos.  

Depois do início da Guerra Civil Síria, em 2011, Muzoon e a sua família viveram em campos de refugiados até integrar um plano de acolhimento britânico de refugiados, em 2015. A partir do Reino Unido, Muzoon continuou a campanha pela garantia do acesso das raparigas à Educação. Em 2017, tornou-se a mais jovem Embaixadora do Fundo para Crianças das Nações Unidas. 

 

 

 

 

 

Num dos campos de refugiados em que viveu, conta Muzoon ao The Guardian, a jovem conheceu mesmo Malala que, entretanto, já a visitou. “Foi o momento mais feliz da minha vida saber que a Muzoon estava cá [no Reino-Unido]”, contou Malala à BBC, deixando uma garantia. “Agora, podemos trabalhar juntas”.  

Para Muzoon, a Educação é “a melhor forma de proteção”. E também de garantir um futuro melhor: “Precisamos da Educação porque a Síria precisa de nós. Precisa de engenheiros, de professores, de médicos e de jornalistas. Sem nós, quem trará a paz? Partilho a mensagem com a minha amiga Malala: Educação é poder. Educação é o futuro. Educação torna-nos naquilo que desejamos ser”. 


 

Clica nas setas abaixo para continuar a ler.