#1 Engenheiro/a Informático/a

O engenheiro/a informático/a é o profissional que concebe, desenvolve e gere sistemas baseados em computadores, em todas as suas variantes: sistemas autónomos (PC’s e Mac’s), sistemas centrais (servidores) e sistemas embebidos (aplicados em automóveis, eletrodomésticos, gadgets, etc…). Em todos estes casos, este profissional trata de toda a programação (projetando e desenvolvendo aplicações informáticas e software) e de alguma parte do hardware. Por outro lado, faz também a análise de sistemas de informação dentro de uma organização, criando redes, definindo ligações e parâmetros e estabelecer mecanismos de segurança. Como tal, estes profissionais devem ter boa capacidade de concentração, raciocínio lógico, trabalho em grupo e organização. Conhecimentos avançados de Inglês serão também decisivos.

 

#2 Gestor/a

6 profissões para quem gosta de trabalhar com números

A principal missão de um gestor ou gestora define-se como “otimizar recursos”. Tendo em vista alcançar resultados positivos, estes profissionais identificam, qualificam e articulam os meios disponíveis numa empresa ou organização. Para tal, estabelece objetivos, define estratégias, delega tarefas, faz pontos de situação e contactos, mobiliza ações e controla as atividades. No final, a eficiência de um gestor mede-se pela sua capacidade de tomar decisões acertadas e atingir bons resultados. Por esta razão, um gestor ou gestora deve possuir capacidade de liderança, resiliência e criatividade. Deve ainda dominar a realidade socioeconómica nacional e internacional e ter capacidade de empatia, de forma a tomar decisões de forma integrada.

 

#3 Engenheiro/a Físico/a

6 profissões para quem gosta de trabalhar com números

Estes são alguns dos e das profissionais que trabalham com as tecnologias mais avançadas da atualidade. A sua formação permite o enquadramento em vários setores da atividade tecnológica, sendo que está naturalmente próxima das áreas da inovação e desenvolvimento. Um engenheiro/a físico/a poderá criar novos dispositivos que serão aplicados em setores como a saúde, a química, o mercado financeiro, etc… Por essa razão, existem vários subsetores de atividade como a Óptica, a Física de Edifícios, a Instrumentação, a Astrofísica, a Física Médica, entre muitas outras. Criatividade, mentalidade aberta e conhecimento das tecnologias mais recentes serão, por isso, muito importantes, tal como o domínio do Inglês e a capacidade de trabalhar em equipa.

 

#4 Técnico/as Oficial de Contas

6 profissões para quem gosta de trabalhar com números

Também conhecidos como os TOC, estes profissionais são responsáveis pela planificação, elaboração e execução da contabilidade de uma empresa ou organização. Para além desta responsabilidade, são ainda a ligação entre estas entidades e os serviços de Finanças. Desta forma, são os técnicos e técnicas oficiais de contas acompanham, observam, registam, analisam e comunicam todos os factos relevantes para o funcionamento financeiro de uma organização. Entre as suas tarefas contam-se a elaboração do Plano de Contabilidade, o controlo de documentos (Despesa, Receita e Orçamentos), bem como a realização de balanços, estatísticas e demonstrações financeiras. Por essa razão, as suas competências pessoas devem incluir rigor, método e transparência, envolvendo um alto sentido ético e profissional, bem como capacidade de concentração e de interpretação das leis. O domínio do Inglês e das ferramentas informáticas será também muito relevante, ao longo da sua atividade.

 

#5 Engenheiro/a Civil

6 profissões para quem gosta de trabalhar com números

O objetivo final do trabalho de um engenheiro ou engenheira civil é a criação de infraestruturas para o bem-estar das populações (casas, estradas, pontes, aeroportos, barragens, etc…), sendo que é responsável pela projeção, execução e manutenção das obras realizadas. Na sua atividade, pode escolher especializar-se na área de projeto (realizando cálculos relativos à conceção da estrutura e resistência dos materiais) ou de execução (dirigindo a realização da obra e fazendo a ponte entre o gabinete e o terreno). Estes profissionais devem ter grande capacidade para resolução de problemas e de pensamento abstrato. Conhecimentos de Informática, Inglês e de gestão de equipas serão também decisivos para o melhor desempenho das suas funções.

 

#6 Professor de Matemática

6 profissões para quem gosta de trabalhar com números

Tal como qualquer outro docente, o ou a professora de Matemática é, em primeiro lugar, alguém que se assume como educador e transmissor de saberes. É responsável por gerir o currículo para o ano letivo, em conjunto com o departamento da escola, tendo por base o programa nacional. Define ainda o projeto curricular de cada turma, em sede de conselho de turma. Nas aulas, seleciona e prepara tarefas para os alunos, reunindo os recursos adequados. Faz a avaliação contínua dos alunos, elaborando e corrigindo testes, sem esquecer a constante preparação das aulas e o acompanhamento e fiscalização dos exames nacionais. É importante possuir bom poder de comunicação, capacidade de relacionamento, cultura geral e gosto em trabalhar em grupo. Para além do conhecimento dos conceitos matemáticos, estes profissionais devem ainda saber psicologia da aprendizagem, sociologia da Educação e trabalhar com ferramentas informáticas.

profissoes,numeros,contas