Passo #1 “Uau, já sou crescido”

 

school 1974369 960 720

 

Se estás a ler este artigo, há uma probabilidade elevada de seres estudante do Ensino Secundário, possivelmente no último ano, prestes a ter de tomar alguma decisão sobre a continuação dos estudos. O teu percurso, contudo, teve início há cerca de três anos. A caminhada para o Ensino Superior começa no momento em que entras no 10º ano ou no primeiro ano de um curso profissionalizante ou artístico especializado.

 


A tua caminhada para o Ensino Superior começa no primeiro momento em que entras no 10º ano ou no primeiro ano de um curso profissionalizante ou artístico especializado”


 

 

Isto porque os primeiros testes que fazes e as notas do primeiro período já são a valer. E, pela primeira vez, este ano letivo, o mesmo pode ser dito para os cursos profissionalizantes e artísticos, onde a média do curso e da PAP contarão até 70% da nota de candidatura ao Ensino Superior, graças ao novo regime de acesso. Portanto, começamos este percurso com o foco em todos os que agora iniciam (ou estão prestes a iniciar) a sua jornada. É hora de começar a derreter o gelo.

 

Passo #2 Este é o ano!

 

education exam hand 249360

 

12º ano. Agora é que são elas. Sim, esta é a tua jogada final, mas este é também um ano de oportunidades. As disciplinas anuais, que escolhes para frequentar apenas neste ano, são trabalhosas, é certo. Contudo, se te esforçares minimamente consegues tirar notas muito boas nestas duas disciplinas – lembra-te que isto terá um impacto positivo na tua média final.

 


Compras o boletim de inscrição para os exames e a tensão já começa a pairar”


 

 

 

Algures no início do segundo período, começas a sentir que a coisa já é mais séria. É por essa altura que compras na papelaria ou outro serviço da tua escola o boletim de inscrição para os exames e a tensão começa a pairar. Nem que seja pela pressão de não querer cometer nenhum erro a preencher o formulário e ter a certeza que colocas os códigos todos certinhos. Os serviços administrativos da tua escola podem ajudar-te a fazer esse preenchimento.

 

Passo #3 A senha mágica

 

working woman technology computer 7374

 

Se achavas que preencher o formulário de inscrição para os exames já te dava nervos, espera até ouvires o termo “pedido de senha”. Esta senha permite-te fazer login no portal da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES). Depois de entrares, vais conseguir ver, por exemplo, os exames nacionais em que estás inscrito, os resultados dos exames que já fizeste e dos que irás ainda fazer. Ah.... e é aqui que se vai dar outro momento solene – a candidatura ao curso em que já andavas a pensar há uns tempos.

É no próprio site da DGES que pedes a tua senha, sendo criado um documento que confirma que a senha já foi pedida. Normalmente, esse documento tem de ser impresso e entregue na secretaria da escola [Este ano, a pandemia de Covid-19 veio alterar os planos, e essa entrega foi feita via digital]. Entregue o documento, só tens de esperar umas semanas: algures durante o mês de maio, irás receber no teu mail a dita senha. Quando receberes esse mail, estás oficialmente com um pé fora do Ensino Secundário e outro dentro do Ensino Superior.

 

 

Passo #4 Um bicho chamado exames

 

photo of student inside classroom 3380743

 

Se no decorrer do ano letivo tiveres atenção aos temas mais estruturantes, estás muito mais bem preparado. Mas, sejamos sinceros, só nas semanas anteriores é que tomas consciência de que os exames vão mesmo acontecer. Ficamos todos assustados quanto baste. É sinal de que temos consciência do peso da sua responsabilidade, porque, em muitos casos, a nota de um só exame representa metade da nota de acesso ao Ensino Superior.

 


“Estás a visualizar aquele momento em que chega o envelope selado à tua sala, o professor começa a cortá-lo, e gritam algures no bloco ‘Podem começar!’?”


 

 

Tem este pensamento presente: quando os fizeres, vais pensar que nem foram um bicho de sete cabeças assim tão grande. Claro que são mais um momento solene neste processo. Estás a visualizar aquele momento em que chega o envelope selado à tua sala, o professor começa a cortá-lo, e gritam algures no bloco “Podem começar!”? Nesse momento, o bicho é enorme e tem bastantes cabeças, sem dúvida. Mas, depois, vai encolhendo aos poucos. A melhor receita que te podemos dar não tem grandes mistérios: prepara-te o melhor que conseguires.

 

 

Passo #5 O momento chegou

 

Escola Superior de Musica

 

Depois dos exames tens algumas semanas para respirar, mas eis que surge um novo “bicho”: enquanto não vires as pautas com as notas dos exames não vais conseguir descansar. Chegado o dia, ou este sentimento ganha asas e vida própria, ou agrava-se – mas não te esqueças de que tens sempre uma segunda fase de exames para melhorar. As notas chegam e chega mais um momento solene, no caso de seres estudante do curso de Científico-Humanísticos. Ficha ENES, diz-te alguma coisa?

A Ficha ENES (Exames Nacionais do Ensino Secundário) é, se preferires, o equivalente ao resumo do teu percurso no Ensino Secundário. Nesta ficha, podes encontrar as notas de todos os exames nacionais que realizaste nos 11º e 12º anos, bem como as notas de todas as disciplinas que frequentaste nos três anos. Fazes o pedido na tua escola e o documento é emitido depois de saídos os resultados dos exames nacionais. Se fores à segunda fase dos exames, terás que pedir uma nova ficha ENES, onde constarão as novas notas. Neste documento, podes ainda encontrar a tua média final, assim como o código de ativação para a realização da candidatura online ao Ensino Superior.

Os momentos solenes começam a chegar ao fim. Chega o dia. São abertas as candidaturas ao Ensino Superior. Certamente, já pensaste nas opções que vais colocar na tua candidatura. Consegues fazer a candidatura de uma forma muito intuitiva. Basta teres junto a ti o documento de identificação, a ficha ENES e ler tudo com muita atenção. Depois de submeteres a candidatura, imprime o documento que comprova que já a fizeste. Até ao dia de fecho de candidaturas, podes sempre voltar a repetir o processo caso queiras alterar alguma escolha. Se o fizeres, é sempre a última candidatura que fazes que é válida.

 

 

Passo #6 “Entrei!”

 

estudante141


Mais uma vez, esperar é mesmo o melhor remédio. Até que chega aquele momento em que começas a ver os teus amigos a receberem um
mail a dizer que entraram no curso que queriam. E tu nada. Não entres em stress. Se os resultados estão previstos sair às 00:00 horas de um determinado dia, por norma, umas horas antes começam a chegar os primeiros mails. É normal que o teu mail com o resultado da candidatura só chegue uns minutos depois do dos teus amigos. Assim que o receberes, esperamos que os motivos para celebrar sejam muitos.

E é nesse momento que começas a ter a consciência de que estás prestes a dar um grande passo na tua vida. Se entras numa instituição fora da tua área de residência, o desafio é ainda maior. Os desafios que se avizinham são grandes, mas as responsabilidades não são menores. Cada universidade ou politécnico tem o seu calendário, mas a data de inscrição não deve tardar a chegar.

 


“Lembra-te: entrar no Ensino Superior é uma escolha tua. Mais do que ninguém, és tu quem tem de se sentir feliz com a escolha que foi feita”


 

 

 

Quando entras pela primeira vez na tua faculdade, aquilo que andaste a planear durante meses ou anos começa a ganhar forma. Nas primeiras semanas é possível que comeces, inclusive, a colocar em causa se fizeste a escolha certa. Não tenhas medo de te questionar sobre a tua decisão, é até positivo que o faças. Se o curso não é bem aquilo de que estás à espera, se percebes que não te vês a trabalhar na área, desiste. Não serás o primeiro nem o último a fazê-lo. Lembra-te: entrar no Ensino Superior é uma escolha tua. Mais do que ninguém, és tu quem tem de se sentir feliz com a escolha que foi feita.