Distinção elogia o sucesso dos alunos que realizam exames de Cambridge em mais de 40 países em todo o mundo. Elizabeth, de nacionalidade britânica, encontra-se no Year 12 e estuda no CIV desde o Year 8. A sua determinação em relação a objetivos futuros foram evidentes desde tenra idade. "Elizabeth é uma estudante madura, educada e gentil, que se voluntaria ativamente para abraçar vários eventos escolares promovidos pela Associação de Estudantes (SRC – Students Representative Council), além de ser um membro dedicado da comitiva CIV para o Model of United Nations (MUN). Já ganhou vários prémios académicos e de mérito, dentro e fora da escola", conta a instituição.

“É extremamente gratificante parabenizar os alunos e professores que trabalharam tanto para alcançar este sucesso nos Exames de Cambridge IGCSE. Os resultados são um reflexo do enorme esforço, não só entre os alunos, mas também entre os seus docentes. Os alunos do Colégio Internacional de Vilamoura têm um futuro brilhante pela frente”, referiu Cidália Ferreira Bicho, Diretora Pedagógica do Colégio Internacional de Vilamoura, na Assembleia Escolar que distinguiu a aluna a 22 de novembro.

Elizabeth Hurst confessa-se “extremamente surpreendida” com esta distinção. Está a aprender Língua Portuguesa há oito anos e refere que o seu empenho em muito se deve à importância que a sua mãe sempre deu à aprendizagem da língua do país onde residem. “Ainda hoje encontro algumas dificuldades em expressar-me em Português, sobretudo ao nível dos verbos e do vocabulário”, que procura diariamente melhorar. “Pratico português diariamente, no dia a dia, nas aulas e na escola, um pouco com a minha irmã; mais nenhuma pessoa da minha família fala Português”, diz. Para enriquecer o seu vocabulário, a aluna lê muito, preferindo obras que já tenha lido na sua língua materna, e mantém regularmente aulas de conversação em Português. Elizabeth Hurst, que pondera um futuro ligado à Medicina Veterinária, tem a intenção de fazer, ainda este ano ou em 2020, os seus IGCSE a Português como primeira língua.