As candidaturas estão abertas até 25 de setembro e a integração na Novartis será em janeiro de 2020, por um período de 12 meses. Os primeiros dois meses do programa são dedicados às fases de Onboarding e Expedition, nas quais os participantes conhecem as principais áreas de atividade da Novartis. Nos restantes dez meses, de acordo com o perfil encontrado, avaliação de competências e na tentativa de chegar às suas preferências, poderão ser integrados em áreas como Medical, Commercial Execution, Patient Experience and Solutions, Neuroscience, Ophtha, Oncology ou outras.

“Este programa de trainees reflete a aposta da Novartis no desenvolvimento de jovens talentos portugueses. Através de uma experiência adaptada a cada participante, permite que estes possam testar as suas competências, aprender e crescer enquanto profissionais. Trata-se de uma experiência única, com exposição às áreas fundamentais do negócio, onde os jovens têm a oportunidade de trabalhar com profissionais que se destacam nas suas áreas de atividade, que vivem a missão da Novartis e que trabalham todos os dias para mudar a vida dos doentes”, explica Paula Sequeiros, Diretora de Recursos Humanos da Novartis, Portugal.  

O Expedition Novartis destina-se a jovens com mestrado integrado concluído ou em fase de conclusão nas áreas de Ciências Farmacêuticas, Engenharia Biomédica, Medicina, Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Mecânica, Engenharia Física, Marketing, Economia, Matemática, Gestão de Informação, entre outras. Os candidatos poderão ter experiência profissional até 1 ano, após a conclusão do mestrado, e competências como a curiosidade, empreendedorismo, interesse pelas áreas de tecnologia e digital serão valorizadas.  

As candidaturas são feitas através do formulário disponível AQUI e o processo de recrutamento vai incluir três fases: pitch em vídeo, onde os candidatos devem explicar de que forma o programa se articula com a sua carreira; entrevista telefónica e entrevistas finais, que colocam os candidatos em contacto direto com os gestores das diferentes áreas de negócio.  {fa-handshake-o }

Para além da integração no programa de trainees, a Novartis vai ainda proporcionar um conjunto de experiências que irão contribuir para o crescimento profissional e pessoal dos candidatos, nomeadamente a integração num programa de reverse mentoring, onde os jovens são desafiados a ser os mentores da equipa de liderança da Novartis, a participação no WEC Young Talent – um programa internacional de 2 anos, com a possibilidade de trabalhar em diferentes países da Europa e a participação num programa de desenvolvimento desenhado para dotar os trainees de conhecimento e ferramentas que facilitem a sua transição para futuros desafios profissionais.