O Circo de Papel, um projecto do Instituto Nacional de Artes do Circo (INAC), apresenta até 5 de Janeiro, no Parque da Juventude de Famalicão, o espectáculo de circo contemporâneo e novo circo "Jardins", inspirado no conto "O Rapaz de Bronze" de Sophia de Mello Breyner Andresen. O espetáculo, integrado na programação de Natal do município, destina-se ao público escolar, instituições e também a toda a família.

O INAC, que tem a sua sede em Famalicão, é um espaço com mais de 3 mil metros quadrados dedicado exclusivamente à prática de Circo e o espectáculo Circo de Papel é um de muitos projectos artísticos e de inclusão social que esta escola e centro criativo tem vindo a desenvolver desde 2016, data da sua fundação.

Fotografia de Ana Maciel 23

Circo de Papel é um projeto do INAC – Instituto Nacional das Artes do Circo dedicado ao Circo Contemporâneo e ao Novo Circo. Uma tenda destinada em exclusivo ao desenvolvimento e criação artística com o objectivo de levar a magia do espectáculo a todos os públicos. Um espaço de emoções, de imaginação e do extraordinário que surge materializado na forma de uma tenda em homenagem às origens do circo, um espaço itinerante de partilha e descoberta, onde a exploração de animais não tem lugar. Este projeto "surge do objetivo de trazer artistas de qualidade e uma visão contemporânea do circo, permitindo a crianças e adultos o contato com uma área artística um pouco diferente do habitual, fomentar a criatividade, a sensibilidade e o pensamento", frisam os seus mentores.

'Jardins' tem direção/ecenação de Bruno Machado e Janela Magalhães. André Freitas, Carolina Vasconcelos, Elvis Mendes, Jonathan Hernandez, Juanita
Hernandez, Pietro Barilli e Sofia Monteiro formam o elenco sob coreografia de Juliana Moura. Destina-se a maiores de 3 anos. Os bilhetes custam entre 5€ e 10€. Sabe mais sobre este projeto AQUI.

Fotos: Ana Maciel

Pin It