21 885 47 30 | geral@forum.pt

A Organização Mundial da Saúde adicionou esta terça-feira o telemóvel à sua lista de cancerígenos, devido às radiações emitidas pelos aparelhos telefónicos móveis.

A decisão reverte todas as posições tomadas pela OMS até ao momento, que afirmava não haver qualquer relação directa entre o uso do telemóvel e o desenvolvimento de doença oncológica. Agora, e apesar de não ter surgido nenhum dado que estabeleça uma ligação explícita entre o uso daquela tecnologia e supostos efeitos nocivos para a saúde, a OMS adopta um princípio de cautela há muito defendido por alguns especialistas internacionais. Ou seja, o risco não é certo, mas é possível.

Segundo os especialistas, há dois momentos em que o risco pode ser maior: quando se atende uma chamada (momento em que a radiação é momentaneamente mais forte) e quando o sinal é fraco (o que leva o aparelho a realizar um esforço maior para estabelecer ligação com a antena de telecomunicações mais próxima). Já em relação ao uso de auriculares e do bluetooth, não existe ainda acordo sobre se estes acessórios diminuem ou aumentam potenciais riscos de saúde.

Em anos recentes, aumentaram as vozes a apelar a uma maior cautela por parte dos utilizadores de telemóveis, recomendando que não se encoste totalmente o aparelho ao ouvido e que não se use o telefone móvel durante demasiado tempo. É especialmente desaconselhada a utilização intensa do telemóvel por parte de crianças.

 

Fonte: SOL

Pub IPPortalegre
Pub FCH_2019
Pub ENEGI2019
Últimas - Tecnologia
Tecnologia
10 Setembro 2019

Derradeira etapa da maior competição nacional de aplicações criadas por jovens decorre na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, a 13 de setembro. 

Tecnologia
27 Agosto 2019

Conferência realiza-se no dia 11 de outubro, em Oeiras, e promete "as últimas novidades da programação e as práaticas que estão na origem das aplicações web mais inovadoras". A participação é gratuita. 

Tecnologia
26 Agosto 2019

A Porto Business School, a Escola de Negócio da Universidade do Porto, criou o primeiro podcast de uma Escola de Negócio em Portugal, onde conversa com convidados sobre as principais temáticas da atualidade a nível de inovação e tecnologia.