21 885 47 30 | geral@forum.pt

A 31.ª Edição do European Union Contest for Young Scientists (EUCYS) realiza-se este ano na cidade de Sofia (Bulgária), de 13 a 18 de setembro.

É já no próximo dia 13 que tem início mais uma edição do European Union Contest for Young Scientists (EUCYS) que se realiza até 18 de setembro, em Sofia, na Bulgária. Promovido pela Comissão Europeia, o concurso conta com 100 projetos, oriundos de 39 países levam a concurso projetos das mais variadas áreas da ciência como seja Biologia, Ciências do Ambiente, Ciências Médicas, Ciências Sociais, Economia, Engenharias, Ciências da Computação, Química ou Física.

A representar Portugal estarão duas equipas de jovens Portugueses que se destacaram na 13ª Mostra Nacional de Ciência, promovida pela Fundação da Juventude, no passado mês de junho, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto. 

bioplastico

“Bioplástico dá-te Vida 2.0” é um dos projetos que depois se ter destacado na Mostra Nacional de Ciência nacional, segue agora para a Final Europeia. Desenvolvido na Escola Secundária Júlio Dinis, em Ovar por João Pedro Gomes, Patricia Crus e Maria de Castro, o projeto na área das Ciências do Ambiente, consiste na produção sustentável de bioplástico a partir de materiais naturais. 

Berke dos Santos, Pedro Cortez e Tomás Carneiro constituem o grupo que entrará em competição com um projeto na área da Química. Desenvolvido no Colégio Valsassina, em Lisboa, o projeto "Microtoxinas: um macroproblema", consiste no desenvolvimento de um kit, não invasivo, que avalia e quantifica a presença de microtoxinas em soluções biológicas.

micro

A Mostra Nacional de Ciência, que assinalou este ano a sua 13ª edição, é já considerada uma das maiores a nível Europeu. É a partir deste encontro de ciência que a própria Fundação da Juventude, enquanto promotora do Concurso de Jovens Cientistas e da Mostra Nacional de Ciência, seleciona os projetos destinados a representar Portugal em competições europeias e internacionais de ciência, como sejam a Final Europeia e a Intel ISEF, entre outras. Para a Presidente Executiva da Fundação da Juventude, «é importante que se apoie e se fomente o desenvolvimento científico em Portugal, o qual estes jovens provam que pode e deve começar nas escolas. Apesar de sermos um país pequeno, já alcançámos uma quota de participação significativa, nas competições europeias e internacionais».

A primeira edição do Concurso da União Europeia para Jovens Cientistas (EUCYS) registou-se em 1989 com o objetivo de promover a cooperação e intercâmbio entre jovens investigadores, dando-lhes a oportunidade de discutir os seus projetos de investigação com alguns dos principais cientistas do mundo.

 Hoje, a Final Europeia do Concurso Europeu para Jovens Cientistas continua a ser uma iniciativa da Comissão Europeia, criada com o intuito de promover os ideais de cooperação e intercâmbio entre jovens cientistas. O Concurso é uma das mais importantes mostras de investigação científica realizadas por jovens estudantes do ensino secundário. Aos jovens cientistas é dada a oportunidade de contactarem com outros jovens que partilhem os mesmos interesses, assim como estabelecerem contato com alguns dos mais prestigiados cientistas Europeus. Desta forma, a Comissão tem vindo a apoiar as mais variadas iniciativas organizadas em cada país participante com o intuito de atrair os jovens para carreiras ligadas às ciências e tecnologias.

Pub ENEGI2019
Pub Megafinalistas
Pub FCH_2019
Últimas - Estudantes
Estudantes
18 Setembro 2019

O início do não letivo 2019/2020 no IPCA fica marcado pelo arranque de um programa que visa promover uma integração plena, saudável, proativa e, simultaneamente, contribuir para o sucesso académico dos estudantes que ingressam pela 1ª vez num curso de licenciatura.

Estudantes
17 Setembro 2019

No ano em que a Semana Europeia da Mobilidade tem como tema “Caminhar e Pedalar em Segurança”, o Observador Cetelem Regresso às Aulas conclui que 34% dos alunos portugueses vão a pé para a instituição de ensino. Contudo, a opção mais vezes utilizada continua a ser o carro (47%).

Estudantes
16 Setembro 2019

Rita Polido, 12 alunos, estudante na Escola Básica e Secundária do Levante da Maia, distinguida pelo projeto MustBeGreen, no âmbito da 5.ª edição do programa Apps for Good.