21 885 47 30 | geral@forum.pt

Mais de 1800 investigadores reúnem-se no ISCTE, entre os dias 26 a 28 de junho, durante a conferência EURAM 2019. A afirmação global da gestão europeia e o futuro da disciplina de gestão serão alguns dos pontos fortes do evento. 

O envelhecimento populacional, as assimetrias demográficas, as alterações climáticas ou o agravamento da desigualdade social são apenas alguns dos desafios que são colocados à área da gestão. As respostas, destaca o ISCTE, em comunicado, "devem envolver as escolas de gestão e os seus investigadores". É nesse espírito que, entre os dias 26 e 28 de junho, se realiza no ISCTE, na conferência EURAM 2019.

Este evento realiza-se anualmente em diferentes países do continente europeu, sendo criada como um espaço de debate que acolhe diferentes correntes de pensamento. A identidade europeia ocupa, contudo, lugar de destaque, acrescenta a mesma fonte. “O modelo de gestão europeia está a ter muito bons resultados num laboratório de maior importância – a China. Tem uma maior sensibilidade para as diferentes culturas dos mercados e isso, nos dias de hoje, é um importante fator competitivo”, afirma Nelson António, professor e investigador no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e chairman da EURAM 2019.

Lisbon2019 EURAM banner 1100


Este será um dos vários temas que, nos próximos dias, irão ser debatidos na EURAM 2019 por mais de 1800 investigadores e académicos. Estão representadas universidades de todos os países europeus, com destaque para as francesas, alemãs, italianas e britânicas, mas também há investigadores da Austrália, da China e do Brasil, por exemplo. Para além dos investigadores e professores de gestão, nesta conferência estarão presentes representantes das principais revistas de gestão mundiais.

 

Para mais informações e consulta do programa completo, visita: http://www.euramonline.org/programme2019/conference-programme.html

 

Pub Guia Pós-Graduações 2019
Pub
Pub FCH_2019
Últimas - Eventos
Eventos
17 Julho 2019

O Instituto Politécnico de Setúbal estará mais uma vez presente no evento que, este ano, decorre entre 20 de julho e 4 de agosto, no Parque Santiago (Manteigadas).

Eventos
16 Julho 2019

O IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia organiza, a 17 de julho, a 1.ª mostra de jogos criados por estudantes universitários. Entre as 14h e as 20h, no Campus de Santos (Lisboa)

Eventos
28 Junho 2019

O Politécnico de Lisboa é co-organizador do XXIX Encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa, que se realiza entre 3 a 5 de julho de 2019.

A iniciativa conta com as presenças do secretário de Estado do Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, e do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, entre outras figuras do meio académico dos PALOP. O evento decorre no Campus de Benfica do IPL, na Escola Superior de Música de Lisboa, e tem como tema Arte e Cultura na Identidade dos Povos, subtemas: Arte e Cultura; Saúde e Tecnologia; Educação e Coesão Social e Comunicação e Política, num total de 120 comunicações.  

Para Elmano Margato, presidente do Politécnico de Lisboa, “tendo o IPL a internacionalização como um dos seus eixos estratégicos, é quase obrigatório apostarmos na realização deste encontro também para a avaliação de novas parcerias e acordos de cooperação com instituições de países presentes". Do programa do encontro fazem parte sessões paralelas nas quais participam também docentes do Politécnico de Lisboa, assim como vários momentos culturais que mostram aos participantes o potencial das Escolas Artísticas de Música, Dança e Teatro e Cinema.  

Durante o Encontro será ainda entregue o Prémio Fernão Mendes Pinto, que distingue uma dissertação de mestrado ou doutoramento que contribua para a aproximação das comunidades de língua portuguesa, defendida durante o ano civil anterior. O valor do Prémio Fernão Mendes Pinto é de oito mil euros a atribuir numa parceria conjunta entre a AULP e a Comunidade os Países de Língua Portuguesa ao autor premiado e cuja publicação será da responsabilidade do Instituto Camões.

A AULP- ONG internacional que promove a cooperação entre Universidades e Institutos Superiores, com mais de 130 membros dos oito países de língua oficial portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor e Macau). A sua missão é facilitar a comunicação entre os membros em prol do desenvolvimento coletivo do ensino e da língua portuguesa no mundo. Tem ainda um importante papel na dinamização da rede de universidades de língua portuguesa em valorizar as diversas culturas, aproximar as dinâmicas científicas, multiplicar os intercâmbios nos domínios do ensino e da investigação científica, consolidar as parcerias estratégicas e ampliar o papel da língua portuguesa como animador qualificado desta comunidade.

É atualmente presidida por Orlando da Mata, reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, no Lubango, Angola. Além deste encontro a AULP é responsável por várias iniciativas das quais se destacam o Prémio Fernão Mendes Pinto; a Revista Internacional em Língua Portuguesa (RILP); e o Observador Consultivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Muito recentemente a AULP criou o Programa Mobilidade AULP para o intercâmbio de alunos entre instituições dos países de língua oficial portuguesa e Macau (RAEM). O programa arrancou com 66 instituições de ensino superior dos RAEM e China.