21 885 47 30 | geral@forum.pt

Dificilmente ficam no desempregos estes engenheiros que dominam computadores, softwares e redes. Muitos deles preparam o nosso futuro.

Funções: Concebe, desenvolve e gere sistemas baseados em computadores. Trata de toda a programação (software) e de alguma parte do hardware, onde faz fronteira com o engenheiro electrotécnico; analisa sistemas de informação dentro de uma organização, concebe a forma de informatizar com um computador e respectivos programas, entre outras tarefas. Na Internet e na Intranet (rede informática circunscrita a uma empresa, por exemplo) é responsável por criar a rede, definir ligações e parâmetros, estabelecer mecanismos de segurança (transacções bancárias seguras, assinaturas digitais, comércio electrónico, protecção de vírus, etc.).


Requisitos: Boa capacidade de concentração e raciocínio lógico. Capacidade de conceptualizar processos mentalmente e saber trabalhar em grupo, na medida em que terá necessidade de interagir com profissionais de outras áreas (Mecânica, Electrotecnia, Gestão, etc.). Ser organizado, metódico e disciplinado, para conseguir conceber sistemas sem erros. Dominar o inglês e a matemática é essencial, assim como conseguir manter-se actualizado e adaptar-se às mudanças.


Onde exercer: No sector financeiro (bancos e empresas de seguros), na área das telecomunicações, indústria automóvel, empresas da indústria e comércio de hardware e software, empresas de consultoria e auditoria informática, grandes empresas de diversas áreas
(nomeadamente da comunicação social), pequenas e médias empresas de todos sectores empresariais, sistemas de saúde, solidariedade social e na área do comércio em geral.


Mercado de trabalho: Há muita carência destes profissionais no mercado. Essa é uma razão para que muitos alunos, ainda a meio do curso já estejam a trabalhar. Nos próximos anos a procura será sempre maior do que a oferta. Nas grandes cidades ou na província, nas mais diversas áreas, é, por regra, uma actividade bem remunerada. No amplo mercado de que a Informática já goza, há ainda espaço para novas áreas de trabalho a explorar no futuro, entre elas uma vertente de forte importância sociocultural: aquela que se prende com a criação de sistemas informáticos que permitam criar ligações e elos de comunicação e de cruzamento de conhecimentos entre a realidade urbana e o mundo rural, ou entre a infância e a terceira idade.

Pub Megafinalistas
Pub Study Abroad Portugal
Pub Lisboa Games Week
Últimas - Outros
Outros
30 Novembro -0001

O Instituto Politécnico de Viseu e a equipa do projeto LEE organizam o Colóquio Internacional "Línguas Estrangeiras e Empregabilidade" que decorre na Escola Superior de Educação a 29 de novembro.

Outros
23 Novembro 2018

A experiência de jovens sub-35 contada na 1.ª pessoa foi o mote desta iniciativa da Forum Estudante e do consórcio Maior Empregabilidade, realizada ontem no Auditório da Escola Superior Agrária (ESAC), com o apoio do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC). Um momento de partilha de expetativas, obstáculos e sucessos de ex-alunos desta instituição com estudantes do secundário e do ensino superior ansiosos por saberem como é a transição da vida académica para o mercado de trabalho.

Outros
10 Outubro 2018

Neste novo ano letivo, a Forum recupera uma das suas rúbricas históricas – "Profissões Para...". Todas as edições, damos-te a conhecer várias opções para um futuro ligado a uma vocação. Para mais informações sobre estas saídas profissionais (como cursos, médias ou vagas), visita forum.pt. Para começar, trazemos-te seis formas de fazer da Natureza o teu local (ou objeto) de trabalho.