21 885 47 30 | geral@forum.pt

Os números por vezes são úteis como barómetros. Claro que se tem de aprender a lê-los. E enquanto não temos tratados os números de 2009, vamos dando uma olhada ao que aconteceu em 2008.

Numa altura em que o número de desempregados não pára de subir em Portugal, o número de inscritos nos centros de emprego com habilitação superior registou uma queda em 2008. Entre Dezembro de 2007 e Dezembro de 2008, o número de desempregados diplomados inscritos – a maioria entre 25 e 34 anos – baixou 4 por cento. Os números de 2009 não se prevêem tão animadores mas, mesmo assim, ter um curso superior continua a ser uma vantagem.

Há menos diplomados inscritos nos centros de emprego em Portugal. A maioria está inscrita no Norte (40 por cento), sendo no entanto em Lisboa onde se concentra a maior parcela da população com habilitação superior. Mas quem são estes desempregados e o que têm em vista com um canudo nas mãos? A maior parte dos diplomados sem emprego terminou o curso recentemente (58 por cento), em especial no ano de 2008 (35 por cento). Dos cerca de 32 mil e 250 inscritos diplomados, mais de metade (16 mil e 500 desempregados) estão à procura de novo emprego há menos de um ano. Esta é uma das conclusões do relatório “A Procura de Emprego dos Diplomados com Habilitação Superior” divulgado em Fevereiro de 2009 pelo Gabinete de Planeamento, Estratégia Avaliação e Relações Internacionais - GPEARI, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Os dados incidem sobre o número de inscritos nos centros de emprego com habilitação superior, entre Dezembro de 2007 e Dezembro de 2008.
Entretanto, os indicadores mostraram que, em Dezembro de 2008, 9 por cento do total dos inscritos nos Centros de Emprego têm habilitação superior. De acordo com o relatório, a diminuição de registos de desempregados com licenciatura ou bacharelato explica-se pelo aumento de 77 por cento de mestres inscritos, o que decorre também da entrada em vigor do Processo de Bolonha.

Menos diplomados desempregados que em 2007.

Maria João Rosa, que foi sub-directora do GPEARI e agora dirige a PORDATA, faz um balanço positivo do número de diplomados desempregados face ao ano de 2007. Além de realçar o facto de baixar o número de inscritos nos centros de emprego, “diminuição essa que foi particularmente evidente nas categorias onde a procura de emprego por parte dos diplomados é mais significativa, como é o caso das mulheres (-7%), da região Norte (-8%) ou do grupo etário 25-34 anos (-11%)”, adianta ainda que “entre as áreas de estudo mais representadas, é também de notar a acentuada diminuição de inscritos diplomados da área “Formação de Professores/Formadores e Ciências de Educação” (-36%, no período em causa)“.


QUEM SÃO OS DESEMPREGADOS COM HABILITAÇÃO SUPERIOR?
MULHERES – São predominantemente do sexo feminino (69 por cento) e são também elas o maior grupo nos novos licenciados
NORTE – É a região do país com mais inscritos (40 por cento)
JOVENS – com menos de 35 anos, representam 72 por cento dos diplomados inscritos
LICENCIADOS – A maior parte dos desempregados com habilitação superior são licenciados
 
ONDE SE FORMARAM
ENSINO PÚBLICO – 65 por cento dos inscritos são do ensino público e 35 por cento do privado.
UNIVERSIDADES – 62 por cento diplomou-se no ensino universitário e 38 por cento no ensino politécnico. De acordo com o relatório, os dados revelam “uma contribuição relativa maior por parte do ensino universitário para as inscrições no centro de emprego, uma vez que os diplomados do ensino politécnico entre 1997-1998 e 2006-2007 representam 47 por cento do total dos diplomados, contra 53 por cento no ensino universitário”.


Para Mais informações consulta o relatório no site do GPEARI - Gabinete de Planeamento Estratégia Avaliação e Relações Internacionais 

(Artigo da Autoria de Cátia Felício para o Guia Prático do Estudante 2009/2010) 

Pub IPSantarem
Pub FCH_2019
Pub Megafinalistas
Últimas - Outros
Outros
30 Novembro -0001

O Instituto Politécnico de Viseu e a equipa do projeto LEE organizam o Colóquio Internacional "Línguas Estrangeiras e Empregabilidade" que decorre na Escola Superior de Educação a 29 de novembro.

Outros
23 Novembro 2018

A experiência de jovens sub-35 contada na 1.ª pessoa foi o mote desta iniciativa da Forum Estudante e do consórcio Maior Empregabilidade, realizada ontem no Auditório da Escola Superior Agrária (ESAC), com o apoio do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC). Um momento de partilha de expetativas, obstáculos e sucessos de ex-alunos desta instituição com estudantes do secundário e do ensino superior ansiosos por saberem como é a transição da vida académica para o mercado de trabalho.

Outros
10 Outubro 2018

Neste novo ano letivo, a Forum recupera uma das suas rúbricas históricas – "Profissões Para...". Todas as edições, damos-te a conhecer várias opções para um futuro ligado a uma vocação. Para mais informações sobre estas saídas profissionais (como cursos, médias ou vagas), visita forum.pt. Para começar, trazemos-te seis formas de fazer da Natureza o teu local (ou objeto) de trabalho.