Museu Coleção Berardo inaugura 'Saudade'

  

saudade shi yong 118790183853284868

No dia 16 de novembro abre portas, no Museu Berardo, no Centro Cultural de Belém, a mostra 'Saudade, China & Portugal – Arte Contemporânea'.

A exposição, com curadoria de Yuko Hasegawa e apresentação no Museu Coleção Berardo, é uma coprodução com a Fundação Fosun que reúne 16 artistas da China e de Portugal. O denominador comum das obras é uma reflexão sobre os conceitos de diversidade, festividade e ambiguidade, bem como a íntima relação destes com o sentimento da saudade — título da exposição, que significa o sofrimento causado pela distância ou pela ausência de algo ou alguém.

«Ao apresentar em conjunto obras dos acervos culturais dos dois países, esta exposição trará seguramente uma nova dinâmica à relação sino-portuguesa — permitindo compreender quem somos, onde estamos e aonde iremos», esperam os seus mentores. 

Inclui obras de Vasco Araújo, Pedro Valdez Cardoso, José Pedro Croft, Leng Guangmin, Tao Hui, Luísa Jacinto, Liu Jianhua, Rui Moreira, Cheng Ran, André Sousa, Joana Vasconcelos, Guan Xiao, Sun Xun, Shi Yong, Xia Yu e Liang Yuanwei.