Tubarão anequim enfrenta ameaça de extinção

  

shark-2683184 960 720

Alerta partiu de grupo de investigadores portugueses do Politécnico de Leiria, da Universidade de Lisboa e da Associação Portuguesa para o Estudo e Conservação de Elasmobrânquios.

Caso não sejam proibidas as capturas de tubarão anequim no Atlântico, a espécie poderá desaparecer dos nossos mares. A conclusão foi divulgada hoje por uma equipa de investigadores portugueses.

Portugal, a par de Marrocos e Espanha, é dos maiores pescadores de tubarão anequim, que é, das espécies analisadas, a que sofreu uma diminuição mais drástica em lota, em Portugal.

"Caso a pesca desta espécie não seja reduzida a zero já no próximo ano, não recuperará", salienta o Politécnico de Leiria, em comunicado. 

O estudo que envolve o Politécnico de Leiria, a Universidade de Lisboa e a Associação Portuguesa para o Estudo e Conservação de Elasmobrânquios (APECE), recolheu e analisou os dados da última década de descargas de tubarões e raias em Portugal.

Este trabalho de investigação foi apresentado este mês na conferência da European Elasmobranch Association, em Amesterdão.