IPCA preenche 96% das vagas na 1ª fase de candidaturas

  

IPCAgeral

Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, alcançou este ano o melhor resultado de sempre na 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao ensino. Resultado coloca o IPCA como segunda instituição de ensino superior com maior taxa de ocupação de vagas, em todo o país.  

No total, das 635 vagas disponíveis, apenas 27 não foram preenchidas. O IPCA salienta que este resultado o coloca como "a segunda instituição de ensino superior politécnico do país com maior taxa de ocupação de vagas, a par do politécnico de Lisboa e apenas atrás do IP Porto".

Na opinião da presidente do IPCA, Maria José Fernandes, “estes excelentes resultados demonstram que o Politécnico do Cávado e do Ave responde de forma clara às necessidades da região”.

Considerando que a elevada procura registada pelos cursos do IPCA “representa a conquista do seu papel enquanto instituição de ensino superior público”, Maria José Fernandes sublinha dois outros dados importantes: “a percentagem de estudantes candidatos em 1ª opção é de 100 por cento – um novo recorde – e, simultaneamente, as “médias” de quase todos os cursos subiram”.

As vagas por preencher dizem respeito apenas a dois cursos da oferta formativa. Face a estes resultados, Maria José Fernandes não tem dúvidas: “Se o governo autorizasse o IPCA a aumentar as vagas para os cursos de licenciatura, elas seriam preenchidas na totalidade”.