Dois dias e uma campanha publicitária

  

 

Workshop IADE

Criar as bases de uma campanha de promoção do ensino superior, em menos de 48 horas. Foi este o desafio lançado a um grupo de estudantes e docentes da IADE, no âmbito do 3.º G-icom – o Encontro Nacional de Gabinetes de Imagem e Comunicação do Ensino Superior.

Constituído por quatro estudantes finalistas e por duas professoras, o grupo desenvolveu o seu trabalho a partir de um inquérito realizado aos cerca de 60 participantes do encontro. Durante os dois dias do evento, os estudantes desenvolveram os conceitos principais e as primeiras peças gráficas associadas à campanha.

O resultado deste trabalho foi apresentado no segundo dia do G-icom, consistindo numa estratégia de comunicação promovendo o ensino superior como ferramenta para o desenvolvimento pessoal. Segundo a docente de Design envolvida no projeto, Catarina Lisboa, “o conceito passa por provar que moldamos a nossa identidade através do estudo”, mostrando, simultaneamente, que quem ingressa no ensino superior “tem mais oportunidades”. Desta forma, o grupo escolheu como slogan a frase “Shape on You. Study.”

Apresentado o conceito, bem como as primeiras peças da campanha, Catarina Lisboa sente que “estão lançadas as primeiras sementes para que o projeto possa crescer”, confessando o desejo que este projeto possa ser “uma revolução de mentalidades”. Este é um sentimento partilhado por outra das estudantes envolvidas, Rafaela Barrileiro, que garante que o grupo “tem agora a noção de que esta é uma campanha real, com possibilidades de ser posta em prática”.

Alunos e docentes concordam quanto à importância desta iniciativa. Para o estudante Diogo Ferreira, de 20 anos, esta foi “uma oportunidade única”, já que “trabalhar briefings reais ajuda na preparação para o mercado de trabalho”. Salientando que as expectativas foram superadas “pelo envolvimento de diversas instituições de ensino superior”, Catarina Lisboa sublinha que “estas iniciativas são o desafio perfeito para desenvolver outras competências que não apenas as técnicas”.

Para o grupo de estudantes, o objetivo da campanha – a promoção do ensino superior – tem especial sentido e importância. “Sendo nós estudantes do ensino superior, reconhecemos que esta é uma causa importante que pode ter resultados práticos”, adianta uma das estudantes, Marta Barbosa, de 20 anos. Também Catarina Lisboa vê uma proximidade natural entre este trabalho e o grupo de alunos: “os estudantes têm de sentir esta causa como deles. Queremos formar bons profissionais mas também cidadãos conscientes, conhecedores do mundo real”.